EM UM DOCUMENTÁRO
 

Sou publicitário por formação, mas empreendedor criativo desde criancinha. Comecei abrindo minha própria agência de propaganda com 21 anos. Com 9 anos de empresa, dividindo meu tempo como criativo e empresário, e realizando uma joint-venture com ela, decidi ir para o outro lado da coxia e colocar um novo crachá: o de funcionário. Fui então para a Binder, conhecida agência de propaganda no Rio, atuando na Direção e Supervisão de Criação, onde também passei alguns anos respondendo pelo núcleo de BTL da agência. Com 7 anos de casa, decidi que estava na hora de pegar a mochila e algumas ideias rabiscadas em guardanapo de boteco. Fui então dedicar um ano sabático, num mergulho profundo em mim como pessoa e profissional, estudando mitologia, arquétipos, branding experience e product design. Fui me envolvendo e realizando, cada vez mais, através de novos conhecimentos, que antes só faziam parte do meu antigo “um dia eu ainda vou…”. Foi neste período sabático que passei por algumas situações inusitadas em alguns projetos, mas que só um papo de bar pode render novas rodadas destas letrinhas. Foi então, quase no final do período sabático, que fui convidado para ser o Diretor de Criação da Ogilvy Action Rio, braço na época de branding, design e shopper do Grupo Ogilvy & Mather no mundo. Por conta de uma estrada empreendedora já percorrida, consegui implementar um novo modelo de gestão no Setor Criativo da agência, além de poder levar para ela, em 1 ano e meio, alguns dos principais prêmios criativos internacionais, ainda inéditos por lá, como: Cannes Lions, London Award, The One Show, entre outros. Nesta época, trabalhei para grandes marcas do grupo, como: Coca-Cola, SC Jonhson, Souza Cruz, Claro, Siemens e outras. Após um período de gestão Criativa na Ogilvy, fui morar por um tempo em Nova Iorque, numa imersão para aprimorar a língua, estudar e absorver tendências em artes, design, tecnologia e a vida na cidade que, assim como meu corpo-mente, não dorme. E quando voltei, caiu a tal ficha: bóra empreender! E, agora juntando ao que já conheço e faço, um novo mergulho em tendências, inovações e aprendizados na Economia Criativa para que este modelo de negócio-vida me permite estar envolvido com projetos que realmente acredito e, quem sabe, poder deixar um legado para as gerações futuras. Hoje, começo a ver isto crescer e tomar forma, com a Consultoria Criativa, com a UNNICO, a SANNTO, que trazem em seu modelo de negócio, o modelo não convencional, diferente dos modelos tradicionais para produzir brand design, arte, experiência de marca e comunicação com foco na inteligência criativa; além disso, projetos autorais em novos modelos de negócio e um projeto social. Hoje também  faço parte do corpo docente da Miami Ad School e do Polo Criativo. Projeto que me dedico poder dar e ter inspiração sempre em mão-dupla com meus alunos/profissionais, não só na sala de aula/workshop, mas fora também, dedicando parte deste tempo para prestar tutoria a quem quer ver seus projetos acadêmicos (e profissionais) e propostas criativas saírem do papel para ganharem o mundo de alguma forma. O importante é que tudo esteja a serviço das grandes ideias, embalado pela criatividade e vontade de inovar e mudar as coisas, no tamanho que for. O fato é que o mundo mudou. Eu mudei. E a economia também mudou. Ela agora se chama Economia Criativa. E se você ainda não ouviu falar, vamos tomar um café ou beber uma cerveja para brindar o assunto. É um bate-papo que merece uma ótima sala de reunião diferente das que sempre conhecemos. Ela pode ser ao ar livre e, por que não, com vista pro mar ;) 

EM UM TED:

 

Bom, deixarei isto para quando for convidado ;)

EM UM "WTF EDU?"
 

Empreendedor criativo de carteirinha, fugitivo dos modelos tradicionais e amante da inovação e criatividade. Acorda todos os dias com uma xícade de “o que de incrível vamos fazer hoje?”.

EM UM PEECH DE ELEVADOR
 

Empresário, publicitário, designer e creative coaching. Isso dividiu minha linha do tempo como dono de agência, supervisor e diretor de criação (nacional e multinacional). Neste intervalo, fiz ano sabático, fiz filho...na verdade, filha ;) Ganhei prêmios internacionais. Ganhei amigos. E se ganhei inimigos, não sei...espero que sim, só pra lembrar que eles existem por aí. Dormi muito pouco. Comi muita pizza na madruga. Mas, também bebi (bebo!) cerveja de garrafa em copo pequeno de vidro para sempre brindar à vida, como todo bom carioca. Morei um tempo fora. Fiz imersão e especialização em um monte de coisas criativas e empreendedoras. E, hoje, após hackear meu sistema para ajustar trabalho, corpo, mente e alma, ajudo pessoas e marcas a performarem melhor, descobrindo seu propósito e reconstruindo seu DNA, através de: consultoria/mentoria, brand design, comunicação e inovação.

 

Então, empreender criatividade é o que faço.

  • Grey LinkedIn Icon
  • Grey Vimeo Icon
  • Grey Pinterest Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon